Começa mais um ano para o F46 Kart Racing. Um especial, 15 anos de grupo.

Tremula a bandeira verde para mais uma temporada de disputas no F46 Kart Racing. Porém essa não é apenas mais uma, há um toque especial. O grupo completa em 2019 seus 15 anos de muita competição, ronco de motores, disputas acirradas, vitórias, mas, acima de tudo, muita alegria e amizade nesse longo período.


 

O grupo deu suas primeiras voltas, ainda discretas, em 2004 com apenas 10 amigos que queriam compartilhar uma diversão juntos. A velocidade ditava o interesse de todos e foi só achar o pedal para acelerar essa amizade. Hoje o grupo cresceu e a cada ano novos pilotos-amigos chegam para ampliar esse companheirismo.


A 1ª Etapa da Temporada 2019 marca o início desse fastividade, mas dentro da pista é competição pura. As categorias fixas mostram que o ano promete.

Confira.

saiba mais

NOVIDADE ENTREVISTA - MANOEL VIEIRA

Ele me recebeu de terno. Não esperaria menos dele. Os cabelos brancos finamente penteados para trás e amainados por alguns muitos gramas de gel era indefectível. Mesmo ele se apresentando como um reles mortal, durante toda nossa conversa ele recebia mensagens e falava ao telefone. Consegui pescar algo sobre visitar um amigo que não podia sair de Curitiba, sobre a entrega de 3 caminhões de camisas vermelhas em São Paulo e ainda a confirmação de sua viagem para a Suíça no mês seguinte. Tudo resolvido de forma rápida e bastante gentil. Vi que ele carregava um broche que parecia em formato de estrela no lado esquerdo da lapela…. acho que era uma estrela, mas definitivamente estava do lado esquerdo. Manoel Vieira, uma pessoa grandiosa e um piloto que merece ter sua entrevista publicada (quase) na íntegra!

saiba mais

NOVIDADE ENTREVISTA - BERNARDO RIBEIRO


Dessa vez o entrevistado resolveu marcar no aeroporto de Jacarepaguá. Eu já esperava um pouco por isso. O cara é pupilo do piloto mais estrelado da F46 e que também é piloto de helicóptero. Cheguei um pouco acanhado e fui procurar pelo helicóptero vermelho com o prefixo que ele havia me dado.
Passava eu ao lado de um hangar quando ouço aquela barulheira. Um helicóptero pousava. Esse cara queria mesmo fazer uma entrada triunfante. Esperou voando eu chegar exatamente onde ele queria para fazer sua grande entrada. Depois de tudo revoar, a aeronave finalmente desligou os motores. Eu peguei meu bloco de anotações e esperei por ele, Bernardo Ribeiro tinha de fato feito uma grande entrada.

saiba mais